Os sebos de POA

Ana Emília Cardoso.

Porto Alegre é uma cidade cheia de sebos
. Quem anda pelo centro ou pelo Bonfim a pé sabe o quanto isso é verdade. São pencas de lojinhas apertadas com livros saindo pelo ladrão, algumas com vinis nas vitrines e as mais ousadas têm até uma arara com roupas usadas estilosas. Estilo rock de décadas passadas, com cheiro de mofo e botões faltando.

Eu passo longe de tudo isso. Sou mega alérgica e só de pensar num brechó meu nariz coça. Os nomes são sugestivos e nada convidativos, como Traça e Ábaco (ou seria ácaro?). Meu deus, ábaco eles deseterraram. Não vejo um há pelo menos uns 20 anos.

Y además, eu prefiro mesmo emprestar os livros em bibliotecas a comprá-los. As da UFRGS são ótimas, com muitos livros bem recentes e vários exemplares dos mais importantes. Como a Sociologia é uma ciência fundamental às outras, todas as bibliotecas têm os livros que eu preciso e elas são próximas entre si. Exceto a de Sociologia mesmo, que é lá em Viamão. Bem fora do meu perímetro ciclístico ou onibusístico.

Ontem descobri o livro-chave do meu projeto de doutorado, se chama A dominação masculina, do Pierre Bourdieu. Perfeito, não fosse o fato de todos os exemplares da UFRGS estarem emprestados (na verdade tem um lá em Viamão, mas não cogito a hipótese de fazer tal viagem) e o livro estar esgotadíssimo nas livrarias como Saraiva, Fnac e Cultura.

Estou lendo no google.livros, em inglês e fechado em pdf. Isso me toma muito tempo e pode me levar a pequenos enganos, porque não consigo desenvolver um pensamento muito lógico tendo que traduzir, sem sequer poder recortá-lo e fazer isso fragmentadamente.

A solução foi ligar para os trocentos sebos da cidade. Peguei uma lista na internet e comecei a romaria telefônica. Alguns são bem moderninhos e têm site com ferramentas de busca e tele-entrega. Genial.

Grande parte não fica muito atrás, atendem rápido e consultam o computador e já dizem logo que não têm. Alguns prometem consultar sua rede e ficam de ligar. Ninguém me ligou até agora.

Vários demoram pra atender e falam com aquela voz arrastada, que faz com que a gente se sinta um estorvo na corridíssima tarde de negócios de um sebo. O mais legal foi o do telefone sem fio.

– Olá, você tem algum livro do Bourdieu?
– Como é o nome do livro e completo do autor?
– A dominação masculina, do Pi-e-rre Bour- di -eu.
– Ô fulana! Dominação da China, Pierre Burguê.

Uma voz mais ao fundo:

– Como?! Dominação burguesa?

Minutos mais tarde:

– Não, minha senhora, sinto muito, não temos.

Como uma comunicação dessas, fica difícil_ E você, tem o livro pra me emprestar?

Anúncios

3 Respostas para “Os sebos de POA

  1. Oi Ana, adoro ler “A casa de Anita” nunca tinha comentado porque não gosto de ficar incomodando, eu leio e fico quietinha.
    Mas lendo o post de hoje, vi que tu quer os livros do Bourdieu, sempre compro livros “raros” no Mercado Livre os preços sempre são ótimos.
    Um beijo guria.
    Nara

    Casa de Anita responde: Obrigada Nara, agora ja traduzi a verso do google books, mas valeu a dica. Eu adoro comentários, pode soltar o verbo à vontade. bj

  2. Oi!
    Da próxima vez não se canse ligando de sebo em sebo….vc não conhece a Estante Virtual?? É um site de busca em sebos de todo o Brasil. Super legal chega certinho – mas esse livro que vc quer eles não tem, por enquanto neh?! – mas fica a dica para uma próxima! Bj e boa sorte pra vc!
    Site: http://www.estantevirtual.com.br/

    Casa de Anita respone: Olá Lísia, pior que eu procurei lá e também nao tem! Este livro está encantado_ ops, esgotado e extinto, pelo jeito. bj

  3. Adorei esta estória da”dominação da china”! Dei muita risada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s