Saia justa na pracinha

Ana Emília Cardoso

A sinceridade infantil é uma virtude perigosa. Minha filha, a Anita, tem um ‘namoladinho’ na creche. Do nada a mãe dele parou de conversar comigo e com o resto da turminha que curte um happy hour pós-escolinha, a gangue da pracinha.

Quando digo parou, é parou total mesmo
. Antes, ficava de papo, vinha aqui em casa às vezes ou nos convidava pra ir na casa dela. Ultimamente mal cumprimentava. Estranhésimo.

A hipótese mais provável na minha opinião é que uma outra mãe tenha falado mal de mim pra ela. O motivo? Quando estávamos de quarentena por causa da gripe A do meu marido, um dia fui no mercadinho, ou ‘armazém’, como diz a avó da Ingrid (outra guriazinha da turma), e encontrei essa mãe com seus dois filhos.

Ela não os estava levando na escola nem saindo de casa há duas semanas com medo da gripe. E eu, toda serelepe, falei: Ah, nada a ver_ meu marido tá com a gripe e eu não estou desesperada. A mulher agarrou os filhos e começou a sair do mercadinho, andando de costas. Tive que rir. E eu vi elas de ti-ti-ti depois disso.

Bom, o que aconteceu eu não sei, só sei que a Anita nos ouviu comentar que a sua sogra de brincadeirinha andava estranha. Na sexta-feira passei por uma das piores saias justas da minha vida. Nos encontramos na saída da escola e não é que a Anita perguntou pra ela, bem séria: Ô mãe do fulano, eu to bem preocupada contigo. Por que você não fala mais com a minha mãe?!

Constrangimento geral.
Eu tentei consertar de todas as formas. Até o guarda ficou sem jeito. A Anita foi direto ao assunto, incrível. E o mais incrível ainda é que o resolveu, pois ontem, segunda-feira, a tal mãe estava toda sorridente na pracinha.

Mas, dessa vez, foi tarde demais, pois nós já estávamos indo pra casa de outra mãe fazer uma reunião e tomar um espumante e ela ficou de fora.

Anúncios

7 Respostas para “Saia justa na pracinha

  1. haha, tem mães que não se ligam mesmo, que mundo!

  2. Essa foi demais!!! Hahaha

  3. adorei!

  4. Bom… exemplo de saia justa com crianças: Um dia minha amiga e sua filhinha andavam pela rua, quando passaram ao lado de um ponto de onibus, onde havia uma mulher esperando o seu. Não é que a menina olha pra mulher e fala: Nossa como vc é feia!!! Imagina do nada… ruim pra mulher q deve ter se sentido a pior da face sul da terra; e péssimo pra minha amiga q queria esganar a filha naquele momento!!! Essas crianças são demais, hahaha!

  5. Obrigada por sua visita.;0)
    Bom, a franqueza das crianças é adorável !!

  6. A Anita é surpreendente: eu que convivo pouco, já passei por várias “saias justas”com ela! Até hj lá na familia do Nestor, comentam o que ela falou prá me consolar qdo estávamos separados!!!!E ela não quer nem saber quem está por perto, sai falando mesmo!!! Viva a espontaneidade das crianças!

  7. ahauhauha!!

    Que sarro! Só a Anita e sua sinceridade explícita mesmo! =P

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s