Estranhas vontades

Ana Emília Cardoso

Dizem que as grávidas têm desejos esquisitos. Quem já foi ou já conviveu com uma sabe que isto é verdadeiro. Como bem ilustrou uma amiga, a Gabriela Toledo (2 filhos), não é aquela coisa que querer comer jaca de madrugada, mas ela mesma lembra de ter detonado um bolo quente com cobertura de abacate. Um receita que ela inventou vislumbrou na ocasião.

Apesar de ter 100% de certeza de não estar grávida, pois sinto até uma certa TPM, ando com vontades muito esdrúxulas. Exemplo? Arroz queimado. Quer mais? Água, só tomo com gás_ pães e biscoitos, sem nada, nem manteiga ou azeite de oliva. E mesmo as carnes já não têm me interessado muito.

Isso me lembra uma época da infância em que meus irmãos só comiam se tivesse feijão. Podia ter qualquer comida e a minha mãe até tinha umas empregadas que cozinhavam bem, mas, se não tivesse feijão, eles continuavam reclamando que estavam com fome, que não tinha nada pra comer, essas coisa de criança.

Nessa mesma era [do feijão] o mais novo – Hugo – agregou à sua dieta o repolho picado. Para dar uma crocância, dizia. O mais velho – Hercílio – gostava mesmo de ele próprio cozinhar. Só havia um receita: sopa com MUITO macarrão, as gororobas. Era muito ruim, parecia uma papa para cachorro. Até hoje eu cuido para as minhas sopas ficarem com consistência mais líquida que sólida. [trauma de infância].

Anúncios

2 Respostas para “Estranhas vontades

  1. Não era carne…aqueles bifes fritos… que não podiam faltar? E as gororobas…tinham um acompanhamento. Eram tomadas quentes…com aquele copão de crystal com Coca e gelo. Consegui rachar todos os meus dentes nessa. tic

  2. hahahhahaha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s