O preço de uma guampa

Por Ana Emília Cardoso

O casamento é um espaço onde grande parte das emoções da vida estão ‘enclausuradas’ e acontecem de forma bastante intensa. Isto quer dizer que uma traição dificilmente passa incólume neste ambiente.

Mesmo nos casais mais moderninhos, que são bi e têm relacionamentos ditos abertos, uma guampa dilacera os músculos cardíacos com a mesma intensidade que magoa a esposa conformada (geralmente virgem de outro homem) com os maus hábitos do marido.

Uma guampa tem o seu custo. Em alguns casos paga-se com a liberdade. Desvendado o crime, o infiel nunca recuperará o seu sossego e nem a confiança do traído.

Há também os que pagam provando do mesmo veneno. Não sei se o sofrimento é dobrado ou se a coisa funciona com a lógica de uma progressão geométrica. Só sei, com base em minhas observações empíricas, que este relacionamento está fadado ao insucesso.

Aos que dizem ser o casamentos uma instituição falida, discordo. Fosse tão ruim, por que as pessoas continuam casando?

Falida sim, para os que desrespeitam o cônjuge e o traem. Falida para o traído que tolera essa situação.

Onde há respeito e – com carinho – os pés se juntam numa fria noite de inverno, não há espaço para guampas. E, caso aconteçam, não sou quem deve lhe dizer o valor, mas sim um excelente advogado.

Anúncios

2 Respostas para “O preço de uma guampa

  1. Concordo e gosto que que existam pessoas como você quem pensem assim! Parabens!

  2. sensacional, aninha. adorei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s